sexta-feira, outubro 21, 2011

Segundo mês na China

Quase a bater na marca dos 2 meses na China...não há muita coisa a contar por enquanto, mas hoje começamos a sair mais da rotina com um novo contacto, a Cristina, estudante de gestão chinesa.
Este último mês passou rápido, sem nada de maior a registar. A vida aqui na china é bastante pacata, quase a roçar o aborrecida...se calhar é mais tangencialmente secante...enfim. Vemos os nossos filmes no dormitório, comemos por cá, enfim isso.
Esta ultima semana parece que foi um vírus geral que infectou toda a turma. Todos nós ficámos constipados e as aulas passaram a ser uma sinfonia de espirros. Isto é o que acontece quando num dia estão 25 graus e no outro 15...
ultimo fim de semana houve uma excursão da minha turma a um Monte aqui perto, ver o sistema de irrigação e alguns templos, infelizmente eu não fui porque já estava doente nessa altura. Mas pelo que me pareceu foi bastante interessante a viagem. Também foi bastante interessante poder ter um dia sozinha no dormitório (soube mesmo muito bem).
Esta semana tenho ido sozinha para as aulas e tem sido bom, já tinha saudades do tempo de reflexão em cima da bicicleta como tinha em Leiden. Pois ontem a Margarida finalmente estava melhor e decidiu ir à universidade, nada fora do extraordinário.
Encontrámo-nos com a Cristina (amiga chinesa) e fomos almoçar a um restaurante bastante engraçado, bem escondido no distrito dos restaurantes. Uma boa caminhada até lá e uma boa caminhada de volta. Estava tudo a correr bem até termos reparado que a bicicleta da Margarida tinha sido roubada... cadeado de aço cortado no chão e bicicleta desaparecida.
Pronto fiquei triste e chateada pelo que aconteceu, mas também relativamente contente pelo ladrão não ter gostado da minha bicicleta cor de rosa...aparentemente os rapazes aqui não gostam de cor de rosa.
Durante o almoço a Cristina referiu que numa província aqui ao lado há certas pessoas que gostam de comer um prato que inclui, ora aqui eu não percebi muito bem porque acho que o meu cérebro bloqueou, os placentas ou fetos humanos...eu acho que ninguém quer saber na realidade mas a partir daquele momento eu decidi não comer mais carne enquanto aqui na China. Eu considero que foi a atitute mais acertada depois de uma informação destas...
Acabando o relato, ainda estamos em estudo para os exames do fim do mês, estão tão perto que assusta. Vamos ver o que acontece, eu cá estou com um algum medo deles.

Finalizando então para este mês. Tenho adorado conversar com o pessoal, têm sido um grande apoio para não endoidecer e estrangular pessoas aqui na China ☺ eu sei que de longe é quando nós conseguimos apreciar melhor as amizades que fazemos. Saudades de todos, mas mais de alguns em particular.

3 comentários:

Firefly disse...

Eu quando leio os relatos mensais… Tipo… Agora percebo a bicicleta cor de rosa!!! =P

GotchyaYinYang disse...

Bem parece estar a ser duro, mas a valer a pena. Menos a bicicleta da Margarida... Sem dúvida que deixar de comer carne aí foi o mais acertado! :) Beijinhos e bom estudo!

devlin disse...

:P a China está a ser interessante, dura às vezes, com perda de muita da qualidade de vida que se tinha antes, mas mantenho sempre a boa atitude e a certeza que as coisas vão ser mais positivas assim que passar este exame :P
A bicicleta realmente foi infeliz...agora ela vai ter que voltar a ir a pé para as aulinhas e isso é chato...
Sim, sem carne porque isto aqui é duvidoso...depois de ter visto o filme Meatgrinder (Vejam que é interessante) então ainda me faz mais impressão comer carne...mas pronto.
Muito obrigada e muitos beijinhos (agora são ranhosos por sinal :P)